Cia. Negra de Teatro

A Cia. Negra de Teatro completou em 2020 cinco anos de jornada e me convidou para remodelar sua identidade visual e site.

A proposta teve como ponto de partida o remodelação da logo da companhia para entender as demandas visuais e criar sua guia de identidade.

Como aposta principal, o uso de uma tipografia marcante que demonstrasse a potência do posicionamento político dos trabalhos da companhia e que questionam o lugar das artes e dos corpos atuantes. O alto contraste do preto e do branco também foi escolhido para compor a identidade.

O site centraliza o conteúdo das obras do grupo e as organiza de maneira horizontal, sem hierarquias.

Atuilê

Atuilê é uma plataforma de aquilombamento digital que surgiu da vontade de dar visibilidade e gerar oportunidades de trabalho nas áreas cênicas, audiovisual, de dança e de moda e publicidade para um público-alvo específico e ainda bastante discriminado: pessoas pretas, transgênero e de povos originários.

O grande desafio do projeto foi o que criar um espaço fluído e acolhedor, focado na diversidade de seus usuários e que se tornasse uma ferramenta acessível e útil.

Fiz parte da equipe de estratégia e criação da plataforma, criando naming, identidade visual, protótipos de ux e ui, além da programação frontend.

Leve Jojo

ilustração . 2020

arte ilustração

Para além do interesse profissional, a ilustração sempre esteve presente na minha vida. Ilustrar, para mim, significa se conectar com uma abordagem, uma história, um interesse íntimo ou subliminar.

Comecei em 2020 um projeto pessoal de ilustrações, buscando significações próprias ao traço e ao querer.

Artes disponíveis em leve.jojo.

Projeto Afro

Projeto Afro é uma plataforma afro-brasileira de mapeamento e difusão de artistas negros/as/es. O projeto deseja ampliar e visibilizar a produção artística de autoria negra no Brasil, apresentando sua multiplicidade, seus interrelacionamentos e sua abrangência.

A plataforma, construída inteiramente em WordPress, apresenta seções tais quais Mapa, Artistas, Agenda, Publicações (teses, mestrados e doutorados) e Editorial (entrevistas, curtas, opiniões e reflexões) que abordam e discutem o local do negro nas diversas esferas artísticas e sociais.

A iniciativa, fruto de uma pesquisa de mais de três anos, se entende como um manifesto em defesa da igualdade racial, quando observados os dados sociais que ainda mostram o negro à margem do processo social.

Gente

A plataforma digital de insights Gente, uma conexão Grupo Globo, busca por meio de publicações e estudos mapear e debater o comportamento contemporâneo e os viés da nossa sociedade. Com o intuito de debater as áreas, nomeadas por coleções, do cenário social atual se aproveitando de mídias específicas tais quais vídeo, podcast, estudo, infográfico e textos.

Junto a uma equipe dedicada, criei a arquitetura de informação, estudos de UX e UI para o redesign da plataforma, lançada em março de 2018 e remodelada por nós em novembro de 2019.

Desde outubro de 2018, participo ativamente na diagramação, edição e ilustração das publicações e estudos lançados na plataforma.

La Brancaleone

O grupo acadêmico La Brancaleone propõe um espaço de discussões sobre a carreira médica dentro de uma das faculdades mais emblemáticas e tradicionais da Argentina, a Universidad de Buenos Aires, debatendo sobre temas polêmicos e constantes da vida profissional médica e pouco abordadas nos livros e teoremas – como a morte, a dor e a empatia – além de uma atuação ativa na vida política e cultural do meio acadêmico a qual fazem parte.

Em minha pequena passagem pela capital argentina, conheci o grupo de editores da revista e junto recriamos o texto editorial e introdutório do movimento.

Brasileiros

E se pudéssemos difundir e mapear a cultura e o comportamento das distintas regiões do Brasil, tão vasto e tão pouco conhecido?

Foi com este pensamento – e da inspiração na plataforma Gente – que surgiu a ideia do projeto Brasileiros, uma nova plataforma de estudos e insights do Grupo Globo.

Participei da equipe de criativos para a apresentação do protótipo da plataforma, levando em considerando uma pesquisa detalhada sobre o Estado da Bahia: sua cultura, música, moda, gastronomia, esporte e sociedade.

Grupo Min

Grupo Min atua a mais de 30 anos na difusão da música tradicional popular japonesa.

O projeto de redesign para a identidade visual do grupo trouxe uma pesquisa das simbologias e da simplicidade do traço japonês junto a ilustração dos instrumentos tão característicos desse ritmo milenar.

Esashi oiwake

Artes dos cartazes e livreto para a comemoração dos 30 anos da Esashi Oiwake Brasil, concurso nacional de música tradicional popular japonesa.

Inspiradas na temática da canção e sua melodia, ilustrei em pastel seco os elementos de montanha, sol e mar, tão caros à comunidade japonesa.